quinta-feira, 4 de junho de 2015

"Ah! Quantas almas chegariam à santidade, se fossem bem dirigidas!...


"Ah! Quantas almas chegariam à santidade, se fossem bem dirigidas!...

Sei que o Bom Deus não tem necessidade de ninguém para fazer sua obra, contudo, assim como ele permite a um hábil jardineiro cultivar plantas raras e delicadas e, para isso, lhe dá a ciência necessária, reservando para si o cuidado de fecundá-las, assim Jesus quer ser ajudado na divina cultura das almas.

Que aconteceria se um jardineiro inábil não enxertasse bem seus arbustos? Se não soubesse reconhecer a natureza de cada um e quisesse fazer desabrochar rosas em um pessegueiro?... Faria morrer a árvore que, no entanto, era boa e capaz de produzir frutos.

Desta forma é que é preciso saber reconhecer desde a infância o que Deus pede às almas e secundar a ação de sua graça, sem jamais a antecipar nem retardar.

Assim como os passarinhos aprendem a cantar ouvindo seus pais, assim as crianças aprender a ciência das virtudes, o canto sublime do Amor divino, junto das almas encarregadas de formá-las para a vida."



(Santa Teresinha do Menino Jesus. Obras completas: Manuscrito A, no.149)

https://www.facebook.com/ValeDeLagrimas/photos/pb.265092166924150.-2207520000.1433464721./621602807939749/?type=3&theater

Nenhum comentário:

Postar um comentário