sábado, 30 de abril de 2016

A oração diária que pode mudar sua vida

Como uma antiga prática espiritual chamada Exame Diário pode transformar seus
Blond woman in Verona, Italy

Os meus dias parecem voar; reuniões de trabalho, lavanderia, refeições congeladas, projetos independentes, e-mails, supermercado. Tem dias que eu não tenho tempo nem para pensar.
Eu tento esculpir o tempo para ler e escrever de manhã – mas muitas vezes eu desperdiço esta hora extra vasculhando o Facebook. Então eu dou um empurrão em mim mesma para fazer melhor no dia seguinte. Eu sei que não estou sozinha. Muitos de nós estão vivendo no piloto automático, indo de uma tarefa urgente a outra, não permitindo a nós mesmos o tempo ou espaço de contemplação, ou a destruir o nosso tempo extra em coisas sem importância.
A poetisa Mary Oliver escreveu: “Diga-me, o que é que você pretende fazer com sua selvagem e preciosa vida?”. Às vezes, penso eu, é isso? Será que vou ter 80 anos e perceber que a minha vida tem sido apenas um rascunho de atividades?
Aprender com os santos
Eu nunca prestei muita atenção na vida dos santos até que me tornei católica, há cinco anos. Agora, durante a missa no Old Saint Patrick, uma paróquia de 170 anos em West Loop, Chicago, eu olho para as estátuas dos santos que revestem as paredes. A forma como os católicos concentram-se sobre os santos me incomodou no início. Não deveríamos estar centrados em Jesus ao invés disso?, uma velha voz protestante fundamentalista falava na minha cabeça.
Mas quanto mais eu aprendi sobre os santos, mais eu vi o valor em tentar imitá-los. Quando eu estava confirmada na Igreja Católica, eu escolhi Santa Clara como minha patrona, porque ela desistiu de toda a sua riqueza para seguir a Cristo. Na época, meu marido e eu estávamos com problemas financeiros, e eu aprendi com ela que a riqueza financeira (ou lutar pela riqueza) muitas vezes pode ficar no caminho da nossa verdadeira vocação.
Santo Inácio, padre espanhol, teólogo e fundador dos jesuítas, é outro santo cujo exemplo influenciou minha vida. Ele escreveu os Exercícios Espirituais, que são um conjunto de meditações cristãs, orações e exercícios mentais considerados entre as mais importantes obras de literatura espiritual. Eles continuam sendo uma parte importante na formação do noviciado dos jesuítas – que são obrigados a passar 30 dias de silêncio e solidão e até cinco horas por dia em oração para ajudá-los a discernir Jesus em suas vidas.
Imagine orando por cinco horas por dia por 30 dias! Felizmente, os Exercícios Espirituais foram adaptados para que pessoas como eu possam fazê-los. Nas últimas décadas, os leigos – católicos e não-católicos – começaram a praticar os Exercícios Espirituaisparticipando de um “retiro na vida diária”. Em vez de orar durante cinco horas por dia ao longo de um mês, os Exercícios são esticados ao longo de cerca de nove meses. Os participantes se reúnem com um diretor espiritual, rezam uma hora por dia, e muitas vezes se encontram com outras pessoas na mesma jornada.
Encontrar Deus nos detalhes
Ainda é um grande compromisso. No ano antes de eu me converter ao catolicismo, minha igreja anunciou que faria um retiro, e eu me inscrevi. Como um grupo, nós nos encontrávamos às terças-feiras à noite para discutir as leituras semanais, cada um de nós tinha sessões semanais com um diretor espiritual, e “lição de casa” que consistia em leituras, orações e meditação.
Na época, meu marido estudava e minha carreira ia aos trancos; estávamos lutando. Também estávamos tentando adotar uma criança. Eu não podia ver Deus em qualquer uma delas. Onde Ele estava? Eu comecei a chamá-lo de “Deus Fantasma”.
Isso foi no meio de um gelado e duro inverno de Chicago – onde você não vê o sol durante semanas a fio – e eu viajava para o centro da cidade para um trabalho freelancer. Mas toda noite eu rezava o Exame Diário (ou Exame do dia), que é parte integrante dos Exercícios Espirituais. O processo simples consiste em cinco etapas:
  • Torne-se consciente da presença de Deus, olhando sobre os acontecimentos do dia. Peça a Deus para dar-lhe clareza e compreensão.
  • Reveja o seu dia com gratidão, concentrando-se nos dons do dia. Observe as pequenas coisas – Deus está nos detalhes.
  • Preste atenção às suas emoções. Santo Inácio acreditava que nós detectamos a presença de Deus nos movimentos das nossas emoções. Ao refletir sobre os nossos sentimentos, podemos nos tornar mais conscientes da maneira que Deus está nos guiando.
  • Escolha uma característica do dia e reze com ela. Peça ao Espírito Santo para direcioná-lo para alguma coisa durante o dia que Deus acha ser particularmente importante.
  • Olhe para o amanhã. Peça a Deus para lhe dar luz para os desafios de amanhã. Busque a orientação de Deus. Peça-lhe ajuda e compreensão. Reze para ter esperança.
Este simples exercício diário me ajudou a ver a minha vida de forma mais clara, e me ajudou a viver mais intencionalmente. Eu comecei a perceber Deus em toda parte.
Enquanto eu tendia a focar, e lamentar, os grandes sonhos que eu sentia que foram morrendo, Santo Inácio me ensinou que quando estamos focados nas “grandes” coisas, muitas vezes ignoramos as pequenas maneiras de Deus trabalhar em nossas vidas. E uma vez que você começa a ver os pequenos movimentos do Espírito em sua vida, isso pode até adicionar algo muito maior. Por exemplo, perceber a frustração que você tem em seu trabalho – e rezar sobre o que isso significa – pode levar a uma nova carreira. Ou prestar atenção ao que conversa com seu amigo pode levar a uma maior compreensão sobre o seu propósito na vida.
Passar alguns minutos examinando seu dia é uma ótima maneira para ajudá-lo a ficar acordado para a sua vida, e não deixá-lo escorregar sem prestar atenção a esse significativo “Deus momento”. Afinal, como Sócrates disse: “A vida sem reflexão não merece ser vivida”.

Como começar
Hoje em dia, há muitas versões diferentes do Exame Diário. É flexível e adaptável. Você pode orar o Exame Diário no trabalho na hora do seu almoço, há um aplicativo que você pode baixar no seu telefone, e você ainda pode rezar o Exame Diário com seus filhos.
Karen Beattie é autora do livro Rock-Bottom Blessings: Discovering God’s Abundance When All Seems Lost. Seus artigos têm sido publicados em America, Christianity Today e Power of Moms. Ela vive no lado norte de Chicago com o marido, a filha de 6 anos e um gato idoso.

http://pt.aleteia.org/2016/04/28/a-oracao-diaria-que-pode-mudar-sua-vida/?utm_campaign=NL_pt&utm_source=daily_newsletter&utm_medium=mail&utm_content=NL_pt-Apr%2029,%202016%2008:00%20am

Nenhum comentário:

Postar um comentário