Pular para o conteúdo principal

A estreita relação profética entre Fátima e o Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem

A mesma razão que levou o Inimigo de Deus a ter tamanho ódio deste pequeno livro (o Tratado da Verdadeira Devoção) e a escondê-lo durante 130 anos, fez com que a hierarquia da Igreja se sentisse pressionada a esconder o Terceiro Segredo de Fátima e apostasse no “aggiornamento” das doutrinas modernistas-progressistas do humanismo maçônico

Há um estreito e providencial elo de ligação entre a Profecia de Fátima e o Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem, conforme propõe São Luis Maria Grignion de Montfort.

Na introdução do Tratado, diz São Luis: “Foi por meio da Santíssima Virgem que Jesus Cristo veio ao mundo e por meio dela que Ele deve reinar no mundo” (T.V.D. – 1). Todos sabemos que Jesus Cristo reinará no mundo, conforme Ele próprio assegurou, contudo, o “Reinado de Maria” será o meio pelo qual se dará o “Reinado de Jesus”.

E é exatamente em Fátima, a profecia do Céu para os nossos tempos, onde a Santíssima Virgem confirma claramente a profecia de São Luis Maria quando afirma: “Por fim Meu Imaculado Coração triunfará”.

E mais: a Mãe do Senhor indica claramente o meio pelo qual a Providência Divina estabeleceu para que aconteça este Triunfo: “Meu Filho quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração”.

Recapitulando as maternais solicitações da Santíssima Virgem em Fátima [1]

Antes, porém, de nos aprofundarmos no sentido dessa “devoção” ao Imaculado Coração, que Jesus “quer estabelecer em todo o mundo”, recordemos o que Nossa Senhora nos pediu em Fátima. Suas maternais solicitações foram as seguintes:

- Rezar pelo menos um Terço todos os dias para obtenção da paz nas famílias e no mundo —lembrando que o Santo Rosário nos leva a contemplar os mistérios da vida, missão, morte e ressurreição de Nosso Senhor;

- Usar o Escapulário castanho como sinal de prometida proteção contra as forças do mal que laboram para perder nossas almas;

- Oferecer a Deus os nossos deveres de cada dia, como um ato de sacrifício e voluntária adesão pessoal ao supremo sacrifício de Cristo para a conversão dos pecadores;

- Fazer os Cinco Primeiros Sábados, em reparação das ofensas cometidas contra o Seu Imaculado Coração, e assim, termos em mente que os nossos pecados ofendem gravemente a Deus;

- Pediu também que o Santo Padre, em união com todos os Bispos do mundo, fizesse a Consagração da Rússia ao Seu Imaculado coração, prometendo que, deste modo, a Rússia se converteria e que seria concedido ao mundo algum tempo de Paz.

Sabemos que a consagração da Rússia não foi feita conforme a solicitação da Virgem (com o Papa unido a todos os Bispos do mundo) e muito menos a Rússia se converteu. [1]

Como serão estes apóstolos dos últimos tempos? [2]


São Luís Maria ensinou a escravidão de amor a Nossa Senhora e
anunciou a vinda dos Apóstolos dos Últimos Tempos
No seu célebre Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem, São Luís Grignion de Montfort apresenta uma visão divinamente inspirada do perfil moral desses apóstolos:

“Mas quem serão esses servidores, esses escravos e filhos de Maria?

“Serão ministros do Senhor ardendo em chamas abrasadoras, que lançarão por toda parte o fogo do divino amor.

“Serão sicut sagittae in manu potentis [como flechas na mão do poderoso] (Sl 126,4), flechas agudas nas mãos de Maria toda poderosa, pronta a traspassar seus inimigos.

“Serão filhos de Levi, bem purificados no fogo das grandes tribulações e bem colados a Deus, que levarão o ouro do amor no coração, o incenso da oração no espírito e a mirra da mortificação no corpo, e que serão em toda parte, para os pobres e os pequenos, o bom odor de Jesus Cristo. E para os grandes, os ricos e os orgulhosos do mundo, um odor repugnante da morte".

“Serão nuvens trovejantes esvoaçando pelo ar ao menor sopro do Espírito Santo; que, sem apegar-se a coisa alguma, nem admirar-se de nada, nem preocupar-se, derramarão a chuva da palavra de Deus e da vida eterna". 

Trovejarão contra o pecado, lançarão brados contra o mundo, fustigarão o demônio e seus asseclas. E para a vida ou para a morte, traspassarão lado a lado, com a espada de dois gumes da palavra de Deus (cfr. Ef 6,17), todos aqueles a quem forem enviados da parte do Altíssimo.

“Serão verdadeiros apóstolos dos últimos tempos. E o Senhor das virtudes lhes dará a palavra e a força para fazer maravilhas e alcançar vitórias gloriosas sobre seus inimigos. Dormirão sem ouro nem prata". 

“E, o que é melhor, sem preocupações, no meio de outros padres, eclesiásticos e clérigos, inter medios cleros (Sl 67,14). E no entanto possuirão as asas prateadas da pomba para voar, com a pura intenção da glória de Deus e da salvação das almas, onde os chamar o Espírito Santo, deixando nos lugares em que pregarem o ouro da caridade, que é o cumprimento da lei (Rom 13,10)".

“Sabemos que serão verdadeiros discípulos de Jesus Cristo, andando nas pegadas de sua pobreza ehumildade, do desprezo do mundo e caridadeensinando o caminho estreito de Deus na pura verdade, conforme o santo Evangelho. E não pelas máximas do mundo, sem se preocupar nem fazer acepção de pessoa alguma, sem poupar, escutar ou temer nenhum mortal, por poderoso que seja. Terão na boca a espada de dois gumes da palavra de Deus". 

“E em seus ombros ostentarão o estandarte ensanguentado da cruz. Na mão direita o crucifixo, na esquerda o rosário, no coração os nomes sagrados de Jesus e Maria. E em toda a sua conduta a modéstiae a mortificação de Jesus Cristo.

“Eis os grandes homens que hão de vir, suscitados por Maria, em obediência às ordens do Altíssimo, para que seu império se estenda sobre o império dos ímpios, dos idólatras e dos maometanos. Quando e como acontecerá? Só Deus o sabe!... Quanto a nós, cumpre calar, orar, suspirar e esperar: Expectans exspectavi (Sl 39,2)”. 

Saiba como fazer a consagração clicando AQUI.


Fonte:
[2] Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem - São Luís Maria de Montfort

http://floresdamodestia.blogspot.com.br/2015/11/a-estreita-relacao-profetica-entre.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Novena dos "54 terços"

A "Novena do Rosário de 54 dias" é uma ininterrupta série de Rosários em honra de Nossa Senhora, revelada à doente incurável Fortuna Agrelli, por Nossa Senhora de Pompéia, em Nápoles, Itália, no ano de 1884. Por 13 meses Fortuna Agrelli sofria de terríveis dores e nem mesmo os médicos mais célebres conseguiam curá-la. Em 16 de Fevereiro de 1884, a menina e seus pais começaram uma novena do Rosário. A Rainha do Santo Rosário a premiou com uma aparição a 3 de março. Maria sentava-se sobre um alto trono, contornado por numerosas figuras; trazia o Seu Divino Filho sobre o colo e na mão um rosário. Nossa Senhora e o Menino Jesus estavam acompanhados por São Domingos e Santa Catarina de Sena. O trono estava decorado com flores, a beleza de Nossa Senhora era maravilhosa. A Santa Virgem disse: "Filha, você me invocou com vários títulos e sempre obteve favores de mim. agora, posto que me invocou com o título que muito me agrada, 'Rainha do santo Rosário', não posso mais …

ALGUMAS FRASES SOBRE NOSSA SENHORA

"Deus reuniu todas as águas e chamou de 'mar'. Reuniu todas as graças e as chamou de 'Maria'! (São Luiz Maria Grignon de Montfort)

"São Bernardo diz que converteu mais almas por meio da Ave-Maria, do que através de todos os seus sermões" (São João Maria Vianney)

"Agradecemos a Nossa Senhora, pois foi ela quem nos trouxe Jesus. (São Pio de Pietrelcina)

"Jamais de ouviu dizer no mundo que alguém tenha recorrido com confiança a esta Mãe Celeste, sem que não tenha sido prontamente atendido" (Dom Bosco)

"Deus depositou a plenitude de todo o bem em Maria, para que nisto conhecêssemos que tudo o que temos de esperança, graça e salvação, dela deriva até nós" (São Boaventura)

"A maior alegria que podemos dar a Maria Santíssima é a de levarmos Jesus Eucarístico no nosso peito" (Santo Hilário)

"Sabemos muito bem que a Virgem Santíssima é a Rainha do Céu e da Terra, mas ela é mais Mãe que Rainha" (Santa Terezinha do Menino Jesu…

Oração a Nossa Senhora da Boa Morte

"Nossa Senhora, nossa mãe divina, precisamos de vosso auxílio e proteção mas uma vez. Vós que sofrestes a grande dor de perder vosso Filho, fazei-nos resignados perante os desígnios de Deus, ajudai-nos a descobrir o sentido da vida e da morte. Ajudai-nos a ter fé, a conversar com Deus e escutá-lo. Ó querida Mãe, abri vossos braços e abraçai...(fala-se o nome do enfermo) e concedei-lhe uma morte iluminada por Deus. Pedi a Deus que perdoe todas as suas faltas e seja misericordioso, socorrendo-o (a) na passagem para a vida eterna. Fazei-o (a) merecedora (o) na passagem da vida eterna junto a vós e a Jesus, seu Filho amado. Nossa Senhora da Boa Morte, peço-vos a graça de nos dar a força necessária para assumir, com amor, as horas difíceis a serem enfrentadas, aceitando a vontade de Deus, seus desígnios eternos e impenetráveis. Amém.
(Elam de Almeida Pimenttel)