SOBRE A VIRGINDADE DE MARIA SANTÍSSIMA

#mary #rosary

Queridos amigos, todo o parto é algo maravilhoso! Admirável!

Mas de todos os partos há um único, realmente ímpar: o parto da Virgem Maria.

Não é próprio de Deus destruir, mas consagrar. Assim, a Virgem concebe sem concurso de homem, virginalmente. E no seu parto, a sua Virgindade não é destruída mas consagrada.

A Santíssima Virgem não teve as dores de parto, nem as debilidades próprias de uma puérpera.

Nosso Senhor realmente nasceu d'Ela. Saiu dela. Mas saiu a "portas fechadas", tal como Ressuscitado entra no Cenáculo "a portas fechadas".

A Igreja canta hoje esse nascimento virginal. É ele o prodígio que a liturgia da Missa nos leva cantar: "Cantai ao Senhor um cântico novo, porque Ele fez prodígios".

Essa verdade, do nascimento virginal de Nosso Senhor, se mostra claramente no relato que temos no Evangelho de S. Lucas que aponta Maria Santíssima "agindo" imediatamente após o parto: é ela quem enfaixa o menino e o põe na manjedoura.

Os presépios e as representações tradicionais do Nascimento de Jesus mostram a Virgem ajoelhada, junto com S. José adorando aqu'Ele que d'Ela acabara de nascer.

Infelizmente essa verdade de fé, um dos quatro dogmas marianos, está sendo esquecida.

Um certo positivismo, pura falta de fé, que quer nivelar tudo que é divino ao nível humano, leva muitos a pensar que a Virgindade de Maria é uma virgindade apenas espiritual, ou no sentido de não ter conhecido homem algum.

Apresenta-se a Virgem com dores de parto, gemendo, gritando, precisando de socorro de outras pessoas...

Mas não!

A sua virgindade é uma virgindade física!

É obra de Deus! Negar a Virgindade Sagrada de Maria seria como destruir parte da escultura de um grande artista: atingindo a obra, agride-se o Autor.

Maria é a Sarça que arde sem se consumir, é a Virgem que é ao mesmo tempo verdadeiramente Mãe.

As dores de parto, Ela as teve não por causa do Filho, mas dos filhos. Não teve no presépio. Teve na Cruz, quando deu à luz misticamente a mim e a você como co-redentora da humanidade.

Padre Lucas Farah

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Novena dos "54 terços"

Ladainha à Nossa Senhora da Defesa.

LADAINHA DE NOSSA SENHORA EM LATIM