Pular para o conteúdo principal

Citações úteis de S. Teresa d’Ávila

santa-teresa-de-jesus-jose-de-ribera

Digo que muito importa, sobretudo, ter uma grande e muito decidida determinação de não parar enquanto não alcançar, sofra-se o que se sofrer, murmure quem murmurar, mesmo que não se tenham forças para prosseguir, mesmo que se morra no caminho ou não se suportem os padecimentos que nele há, ainda que o mundo venha abaixo. E quantas vezes não acontece de ouvirmos dizer: “Há perigos”, “Fulana se perdeu por aqui”, “O outro se enganou”, “Aquele que rezava muito, caiu”, “Prejudicam a virtude”, “Não é para mulheres, pois podem sobrevir-lhes ilusões”, “Será melhor que vão fiar”, “Deixem de lado essas delicadezas”, “Basta o pai-nosso e a ave-maria”! (Caminho de Perfeição, cap. 21, 2)
4. Outra razão é que o demônio fica com o seu poder para tentar enfraquecido; ele tem tão grande medo de almas determinadas, pois já tem a experiência de que elas lhe fazem grande dano, que aquilo que ordena para fazê-las se perder acaba trazendo-lhes proveito, e aos outros, ficando o inimigo com o prejuízo. Mas não devemos nos descuidar nem confiar nisso, porque tratamos com pessoas traidoras, não ousando o demônio arremeter contra quem está alerta, por ser muito covarde. Se, no entanto, perceber um descuido, provocaria grandes perdas. E, se sabe que alguém é inconstante e não está consolidado no bem, sequer com uma enorme determinação de perseverar, ele não o deixa em paz de dia nem de noite, suscitando-lhe medos e mostrando-lhe inconvenientes que nunca se acabam. Sei disso muito bem por experiência, e assim o soube explicar, e afirmo que ninguém sabe quão importante é isso.
5. A outra razão, muito relevante, é que a alma luta com mais ânimo, pois já sabe que, aconteça o que acontecer, não vai voltar atrás. É como alguém que está numa batalha e sabe que, se for vencido, não lhe perdoarão a vida, e que, se não morrer no combate, morrerá depois. Assim, peleja com maior determinação, querendo vender caro sua vida, como se diz, sem temer tanto os golpes, porque tem em mente que o importante é a vitória, pois dela depende a sua vida.  (Caminho de Perfeição, cap. 23, 4-5)
3. Tende em grande conta este aviso -que importa muito – até que vos vejais com tão grande determinação de não ofender ao Senhor que antes preferiríeis perder mil vidas a cometer um pecado mortal. Quanto aos veniais, cuidai muito para não fazê-los. Refiro-me aos que se cometem com advertência, pois, de outra maneira, quem estará livre de cometer muitos? Mas há uma advertência refletida. E há outra tão rápida que, na prática, cometer o pecado venial e refletir sobre ele são uma única coisa. Sequer chegamos a entender o que fazemos. Deus nos livre de pecado plenamente deliberado, por menor que seja! (Caminho de Perfeição cap. 41, 3)
…deixamos de ir ao côro um dia porque nos dói a cabeça, outro porque nos doeu e outros três para que não nos doa… (Caminho de Perfeição ???) 
Sem dúvida – já que aqueles a quem muito quer Deus leva por caminhos de padecimentos e, quanto mais os ama, maiores são estes (…) É absurdo crer que o Senhor admita como amigos íntimos pessoas comodistas e que não sofrem. (Caminho de Perfeição 18, 1-2)
Fonte: http://www.amormariano.com.br/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Novena dos "54 terços"

A "Novena do Rosário de 54 dias" é uma ininterrupta série de Rosários em honra de Nossa Senhora, revelada à doente incurável Fortuna Agrelli, por Nossa Senhora de Pompéia, em Nápoles, Itália, no ano de 1884. Por 13 meses Fortuna Agrelli sofria de terríveis dores e nem mesmo os médicos mais célebres conseguiam curá-la. Em 16 de Fevereiro de 1884, a menina e seus pais começaram uma novena do Rosário. A Rainha do Santo Rosário a premiou com uma aparição a 3 de março. Maria sentava-se sobre um alto trono, contornado por numerosas figuras; trazia o Seu Divino Filho sobre o colo e na mão um rosário. Nossa Senhora e o Menino Jesus estavam acompanhados por São Domingos e Santa Catarina de Sena. O trono estava decorado com flores, a beleza de Nossa Senhora era maravilhosa. A Santa Virgem disse: "Filha, você me invocou com vários títulos e sempre obteve favores de mim. agora, posto que me invocou com o título que muito me agrada, 'Rainha do santo Rosário', não posso mais …

ALGUMAS FRASES SOBRE NOSSA SENHORA

"Deus reuniu todas as águas e chamou de 'mar'. Reuniu todas as graças e as chamou de 'Maria'! (São Luiz Maria Grignon de Montfort)

"São Bernardo diz que converteu mais almas por meio da Ave-Maria, do que através de todos os seus sermões" (São João Maria Vianney)

"Agradecemos a Nossa Senhora, pois foi ela quem nos trouxe Jesus. (São Pio de Pietrelcina)

"Jamais de ouviu dizer no mundo que alguém tenha recorrido com confiança a esta Mãe Celeste, sem que não tenha sido prontamente atendido" (Dom Bosco)

"Deus depositou a plenitude de todo o bem em Maria, para que nisto conhecêssemos que tudo o que temos de esperança, graça e salvação, dela deriva até nós" (São Boaventura)

"A maior alegria que podemos dar a Maria Santíssima é a de levarmos Jesus Eucarístico no nosso peito" (Santo Hilário)

"Sabemos muito bem que a Virgem Santíssima é a Rainha do Céu e da Terra, mas ela é mais Mãe que Rainha" (Santa Terezinha do Menino Jesu…

Oração a Nossa Senhora da Boa Morte

"Nossa Senhora, nossa mãe divina, precisamos de vosso auxílio e proteção mas uma vez. Vós que sofrestes a grande dor de perder vosso Filho, fazei-nos resignados perante os desígnios de Deus, ajudai-nos a descobrir o sentido da vida e da morte. Ajudai-nos a ter fé, a conversar com Deus e escutá-lo. Ó querida Mãe, abri vossos braços e abraçai...(fala-se o nome do enfermo) e concedei-lhe uma morte iluminada por Deus. Pedi a Deus que perdoe todas as suas faltas e seja misericordioso, socorrendo-o (a) na passagem para a vida eterna. Fazei-o (a) merecedora (o) na passagem da vida eterna junto a vós e a Jesus, seu Filho amado. Nossa Senhora da Boa Morte, peço-vos a graça de nos dar a força necessária para assumir, com amor, as horas difíceis a serem enfrentadas, aceitando a vontade de Deus, seus desígnios eternos e impenetráveis. Amém.
(Elam de Almeida Pimenttel)