sábado, 10 de outubro de 2015

Pequeno ato de fé



"Ir até o fim sem desanimar? Na verdade nada me leva a continuar o empenho. Nada? Na verdade, Senhor, Tu me animas. Tu estás aí, tão perto, perto de mim. Obrigado, Senhor,por esta tua presença tão única, pelo olhar que dirigis a mim cada dia com a mesma ternura. Obrigado. Muito grato por me acompanhares nesses dias difíceis. Caminhas ao meu lado na imensa praia da solidão. Vejo que teus passos ficam marcados na areia. Não abandonas; Tu me carregas em minha tristeza. Estou em teus braços. Tu me carregas".



(Prece de antigo membro da Juventude Operária Católica).

Nenhum comentário:

Postar um comentário