5 poderosas orações a Nossa Senhora de Schoenstatt



 



Alemanha: Nossa Senhora de Schoenstatt. A devoção surgiu em 1914, quando padre José Kentenich, ao fazer uma palestra aos alunos do Seminário em Schoenstatt, fez um convite para rezarem, se consagrarem a Maria e oferecer-lhe sacrifícios, para que a capelinha da Congregação se tornasse um Santuário de graças e um local de manifestação das glórias de Nossa Senhora. Em 1915, ela recebeu o nome de “Mãe Três Vezes Admirável”. No decorrer da história o título se ampliou para “Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt”, mais conhecida no Brasil como: “Mãe e Rainha”.


"Mostra-te vencedora no meu dia a dia, esmagando a cabeça da serpente do mal nas tentações que me afligem"

A devoção a Nossa Senhora de Schoenstatt surgiu em 1914, quando em 18 de outubro, o padre José Kentenich, ao fazer uma palestra aos alunos do Seminário em Schoenstatt, na Alemanha, inspirado por Deus, fez um convite para rezarem,  consagrarem-se a Maria e oferecer-lhe sacrifícios, especialmente pela auto-educação, para que a capelinha da Congregação, então consagrada a São Miguel, se tornasse um Santuário de graças, núcleo de um movimento de renovação que se espalhasse por todo o mundo.

A imagem de Maria colocada na capelinha de São Miguel, que se tornou santuário mariano, é cópia do quadro original pintado por Crosio, um pintor italiano do século XIX. Em 1915, ela recebeu o nome de “Mãe Três Vezes Admirável”. No decorrer da história o título se ampliou para “Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt”, mais conhecida no Brasil como: “Mãe e Rainha”

Réplicas dessa capelinha percorrem as casas dos fiéis e muitos têm sido os relatos de graças recebidas pelos que as recebem em seus lares ou peregrinam aos santuários dedicados a Nossa Senhora de Schoenstatt, que então se espalharam pelo mundo inteiro.

Orações a Nossa Senhora de Schoenstatt:

  • Maria, em teu coração

Maria, em teu coração, grava-me profundamente com letras de sangue e fogo, pois sou teu para sempre! Em amor e gratidão, seja teu nome, ó Mãe, grava em meu coração, eternamente. Amém.

  • Ave Maria, por tua pureza

Ave Maria, por tua pureza, conserva puro meu corpo e minha alma. Abre-me largamente o teu coração e o coração de teu divino Filho. Concede-me um profundo reconhecimento de mim mesmo e a graça da perseverança até a morte. Dá-me almas e tudo mais toma-o para ti. (Composta por Padre Kentenich quando criança)

  • Dá-nos ser reflexos teus

Dá-nos ser reflexos teus.

Fortes, dignos, simples e brandos.

Alegria, amor e paz pela vida irradiando. Vem no tempo em nós passar, para Cristo o preparar.

(Composta pelo Padre Kentenich no Campo de Concentração de Dachau)

  • Consagração

Ó minha Senhora, ó minha Mãe, eu me ofereço todo a vós! Em prova de minha devoção para convosco, consagro-vos, neste dia, os meus olhos, meus ouvidos, minha boca, meu coração e inteiramente todo o meu ser, porque assim sou vosso, ó incomparável Mãe, guardai-me e defendei-me como coisa e propriedade vossa. Amém.

  • Tu és três vezes admirável.

    Eu sou mil vezes miserável.

Mãe, Rainha e Vencedora Três vezes Admirável, mostra-te na minha vida.

Toma-me nos teus braços, toda vez que sou frágil.

Mostra-te Rainha e faz do meu coração o teu trono.

Reina em tudo o que eu fizer.

Eu te coroo como Rainha dos meus empreendimentos, dos meus sonhos e esforços.

Mostra-te vencedora no meu dia a dia, esmagando a cabeça da serpente do mal nas tentações que me afligem.

Vence em mim o egoísmo, a falta de fé, de esperança e de amor.

Tu és Três vezes Admirável.

Eu sou mil vezes Miserável.

Converte-me, Mãe, para a glória de teu filho Jesus.

Amém.

Com informações de A12 e Canção Nova

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Novena dos "54 terços"

Ladainha à Nossa Senhora da Defesa.

LADAINHA DE NOSSA SENHORA EM LATIM