O único coração que acreditou

Com a morte do Senhor na cruz, desfalece também a fé de seus discípulos. A Igreja então nascente vê-se como “morta” e “vazia”.
Mas, no meio da amarga desesperança que toma conta do mundo, um Coração permanece VIVO E ACESO, iluminado por uma fé imperecível: o Coração da Virgem Maria.
Neste Sábado Santo, a saudade que se apodera dos fiéis é consolada pela esperança que MARIA JAMAIS PERDEU; o desânimo que tenta os seguidores de Cristo encontra na alma da Virgem um ânimo sempre disposto a amar.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Novena dos "54 terços"

Ladainha à Nossa Senhora da Defesa.

LADAINHA DE NOSSA SENHORA EM LATIM