quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Seja sensível a dor do seu próximo

Nós precisamos caminhar por esta vida sempre atentos às pessoas que estão ao nosso derredor, para nos adiantarmos quando percebermos que elas precisam de nós. Naturalmente, ficamos sempre presos a nós mesmos e preocupados somente com as nossas coisas, mas rezemos, hoje, de todo o nosso coração, e peçamos a Deus a graça de não nos fecharmos em nós mesmos e enxergarmos as necessidades do nosso próximo e do ambiente em que vivemos.
Essa atitude vai nos tirar da posição de julgadores e nos ensinará a sermos homens e mulheres de misericórdia segundo Deus.
“Ele não julgará pelas aparências, e não decidirá pelo que ouvir” (Is 11,3bc).
Senhor, dá-nos, hoje, a graça de sermos uma ajuda necessária a todos que precisam de nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário