Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2020

Os benefícios do jejum e da abstinência de carne para a saúde

Imagem
A recomendação quaresmal da Igreja é realmente saudável? Na Quaresma, a Igreja recomenda que jejuemos na Quarta-feira de Cinzas e na Sexta-feira Santa, além de evitar comer carne toda sexta-feira. Mas essa recomendação é realmente benéfica para a saúde? Para começar, falamos sobre dois termos diferentes: jejum e abstinência. Os benefícios do jejum Lembre-se de que o jejum recomendado pela Igreja é realizar apenas refeições frugais, para pessoas saudáveis ​​com mais de 18 anos e menos de 60 anos, e apenas nesses dois dias. No entanto, existem fiéis que optam por um jejum radical que consiste em beber apenas água ou, no máximo, comer um pouco de pão, como forma de expressar sua religiosidade. Essa prática mais radical tem uma tradição antiga e está presente em quase todas as religiões. Moisés e Jesus jejuaram por 40 dias, o Ramadã muçulmano evita comer qualquer coisa durante o dia por 30 dias. Mahatma Gandhi praticava jejum regularmente, para alguns exemplos.

Uma Quaresma frutífera começa aí, no seu coração

Imagem
Não basta apenas fazer jejum, é preciso uma transformação íntima AQuaresma é um tempo maravilhoso da Igreja, mas pode ser tentador fazer apenas coisas externas, como o jejum, sem olhar para o próprio coração para ver onde precisamos crescer. Embora não devamos negligenciar tais ações louváveis, tudo o que fazemos durante a Quaresma deve ser informado por um coração contrito. São Cláudio Colombiere exortou seus seguidores a começar a Quaresma olhando para dentro deles: “Vamos, então, aproveitar esta Quaresma para refletir sobre nossos pecados. Além dos motivos de tristeza que Jesus teve, temos a mesma tristeza e sofrimento de Jesus Cristo, e certamente esses devem nos inspirar com compaixão.” É importante pensar regularmente sobre nossos pecados e falhas. Isso nos ajuda a manter uma perspectiva adequada da vida e a trabalhar zelosamente em nossos esforços para praticar a virtude, em vez do vício. Colombiere reflete: ” “ Meu pecado está sempre diante de mim. Que d

Jardim Místico de Veneza é baseado nas visões de uma santa católica

Imagem
Carmelitas em Veneza criaram um jardim que exibe a jornada das almas católicas descrita pela mística espanhola Santa Teresa d’Ávila em 1588 Santa Teresa d’Ávila é uma das mais importantes santas do catolicismo. Nascida nobre espanhola, essa irmã carmelita fundou o mosteiro de São José em Ávila, Espanha, e compilou uma série de textos que se tornaram um item básico da literatura católica. Seu trabalho mais importante, concluído em 1588, é intitulado  O Castelo Interior  e fornece ideias imaginativas sobre como levar uma vida gratificante em comunhão com Deus. Santa Teresa de Jesus, como é frequentemente chamada, imaginou nossa alma como um diamante em forma de castelo, contendo sete casas ou moradas, cada uma representando um passo na jornada que leva à total união com Deus. Um jardim de mosteiro baseado na visão de uma santa Hoje, você pode visitar um lugar que realmente transformou essa alegoria literária em realidade. A Ordem dos Frades Carmelitas em Veneza, Itália

Liberte-se das tentações com este plano de ação

Imagem
São Francisco de Sales explica a melhor maneira de evitar cair em tentação Muitas vezes, é difícil de nos libertarmos de um mau hábito que nos leva ao caminho escuro do pecado. Todos os dias decidimos fazer melhor e, sinceramente, queremos melhorar nossas vidas, não é mesmo? Porém, sempre caímos e sempre cometemos pecado. Como, então, podemos sair dessa rotina perigosa e entrar na liberdade por viver em comunhão com Deus? São Francisco de Sales, em seu livro “Introdução à Vida Devota”, explica que, se queremos diminuir a influência que pecados específicos têm sobre nós, precisamos rastrear as causas que nos levam ao pecado. Todos nós temos nossas fraquezas, e deve ser bastante fácil entender o que é que nos leva a uma certa direção. Diz ele: “Essas inclinações, meu filho, estão em oposição direta à devoção … enfraquecem o poder mental, atrapalham os consolos divinos e abrem a porta para as tentações; e, embora não destruam a alma, causam doenças muito graves.”

Durma em paz com esta breve oração a São José

Imagem
São José é o intercessor perfeito para quem tem dificuldade para dormir Às vezes, as muitas questões deste mundo podem tornar o sono uma tarefa árdua. Para muitas pessoas, a ansiedade é real e, quando chega a hora de dormir, o cérebro não para. Para quem está nessa situação, um intercessor poderoso é São José! Muitas tradições sustentam que José morreu nos braços ou na presença de Jesus e Maria. É uma imagem bonita, que levou a Igreja a proclamar José como o santo padroeiro da “morte feliz”. https://pt.aleteia.org/2020/02/19/durma-em-paz-com-esta-breve-oracao-a-sao-jose/?utm_campaign=NL_pt&utm_source=weekly_newsletter&utm_medium=mail&utm_content=NL_pt

Entenda por que é errado falar que os católicos adoram Maria

Imagem
Maria é a mãe de Jesus e, por isso, merece respeito. Mas por que os católicos a tratam quase como se ela mesma fosse Deus? AIgreja ensina que a adoração é reservada somente a Deus. Ainda que não adorem Maria, os católicos a honram por ser a Mãe do nosso Senhor Jesus Cristo e uma fiel serva de Deus. Os católicos distinguem diversos tipos de veneração, um deles específico para Nossa Senhora.  O Vaticano II pede que se incentive esta veneração concreta, mas adverte tanto contra o exagero como contra a falta de nobreza de espírito, ao tratar da singular dignidade da Mãe de Deus. A Igreja Católica distingue três tipos de veneração: “latria” (a adoração devida só a Deus), “dulia” (a honra apropriada aos santos e anjos do céu) e “hiperdulia” (uma honra especial dedicada à Bem-Aventurada Virgem Maria). Entre “latria” e “dulia” não existe uma diferença de graus, mas sim de tipos: “dulia” e “latria” são tão distantes como a criatura do Criador. O Concílio Vaticano II afirmou cla

Os frutos de cada mistério do Santo Rosário

Imagem

Noivo reza o Terço com amigos antes do seu Casamento

Imagem

Mais um Católico que descobriu o Tesouro escondido

Imagem
Este é o testemunho de um leitor do nosso blog que conta como descobriu numa cave, na longínqua Rússia, o que lhe tinha sido escondido no seu País: Sigo o blog há algum tempo com bastante interesse, como tal em primeiro lugar gostava de agradecer pelo mesmo. Acabei de ver o vídeo da sua apresentação na  Catholic Identity Conference  e achei-a muito interessante. Chamou-me particularmente à atenção a pequena nota que deixou sobre o trabalho da  Paix Liturgique  na Rússia, pois foi em Moscovo, durante uma estadia em trabalho, na Catedral da Imaculada Conceição da Virgem Maria, que, ao procurar uma Missa Dominical, soube da existência na cave da catedral de uma missa em latim. Como as minhas hipóteses de entender latim me pareciam superiores às de entender russo decidi experimentar. O que lá descobri mudou a forma como vivo e vejo a fé para sempre. Tendo sido baptizado em criança e feito a primeira comunhão, a realidade é que a minha formação e catequese foi muit

Uma história real de arrependimento e conversão

Imagem
Já alguma vez viram um bonito acto de arrependimento e conversão acontecer diante dos vossos olhos? Todos temos as nossas próprias histórias, claro, mas refiro-me a observar o maravilhoso trabalho da graça noutra pessoa, quer seja de perto ou à distância. Há uns tempos - alguns anos - reparei um dia na minha paróquia numa jovem senhora sentada ao fundo. Era muito nova, talvez nos seus vinte e poucos anos. Estava sozinha. Estava à espera de bébé, talvez cinco ou seis meses. Eu nunca a tinha visto antes e nós temos uma igreja pequena, por isso reconheço quem a frequenta. Assumi que ela era nova ali e que talvez não fosse crente, porque nunca se levantava para receber a comunhão. Simplesmente ficava lá ao fundo e tentava permanecer discreta e saía sempre da Missa imediatamente, por isso não havia hipótese de falar com ela. Um dia, talvez cerca de um mês depois de eu ter reparado nela pela primeira vez, eu estava a voltar da comunhão e reparei que ela estava ajoelhada nos gen

Por que todas as quartas-feiras eram dias de jejum para os católicos

Imagem
A tradição do jejum às quartas-feiras tem a ver com a traição de Judas, prevaleceu por vários séculos e não acontecia só na Quarta-feira de Cinzas Na Igreja Católica Romana, a Quaresma começa na “Quarta-feira de Cinzas” e é marcada pelo jejum e pela abstinência. O que é interessante notar é que, durante séculos, as quartas e sextas-feiras eram dias de jejum durante todo o ano civil. Até que faz sentido jejuar nas sextas-feiras, pois esse dia lembra a Sexta-feira Santa, quando Jesus morreu na cruz. No entanto, por que a Igreja escolheu as quartas-feiras para recomendar o jejum? De acordo com o livro  A Pulpit Commentary on Catholic Teaching,  uma das razões pelas quais as quartas e sextas-feiras foram escolhidas como dias de jejum em Roma era para combater o comportamento pecaminoso que prevalecia entre os pagãos naqueles dias específicos. Abaixo, um trecho do livro: “Na Igreja primitiva, quartas e sextas-feiras eram apontadas como dias de jejum. A escolha desses dia

Nesta quinta, 20, acontece o terço mundial Mater Fátima: saiba como participar

Imagem
4 intenções principais: paz no mundo, vida e família, sacerdotes e consagração do mundo ao Sagrado Coração de Jesus e ao Imaculado Coração de Maria Acontece nesta quinta-feira, 20 de fevereiro, a nona edição da iniciativa  Mater Fátima , um rosário mundial oferecido por 4 intenções principais: pela paz no mundo e pelos pobres pecadores; pela vida e pela família como Deus a criou; pela consagração de todo o mundo ao Sagrado Coração de Jesus e ao Imaculado Coração de Maria; pelos sacerdotes. Especial recordação: Santa Jacinta Marto A edição deste ano recorda de modo particular o centenário do falecimento da pequena Santa Jacinta Marto, uma das três crianças portuguesas que, junto com seu irmão Francisco e sua prima Lúcia, presenciou as aparições de Nossa Senhora em Fátima em 1917. Direto da Basílica de Guadalupe A anfitriã desta vez será a Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe, na Cidade do México, mas, assim como nas edições anteriores, são convidados todos os

A Força da Fé

Imagem
A Fé é verdadeiramente um dom e um tesouro! Um dom, porque só Deus a pode conceder... Um tesouro, porque quem a encontrou, encontrou Deus, encontrou o sentido da vida, das alegrias e tristezas de cada dia, encontrou o Amor verdadeiro e o caminho para a Vida Eterna... “Quando o Filho do Homem voltar, encontrará Fé sobre a terra?” (Lc 18, 8). Será que os cristãos deixaram de acreditar que as verdades que Jesus revelou são verdadeiramente libertadoras? Que Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida e que ninguém vai ao Pai senão por Ele? Que a oração e os Sacramentos são os meios da Graça? Que o pecado é a maior prisão que a alma pode encontrar? As sociedades estão confusas acerca de tudo isto... uma grande força avança no mundo para deitar por terra os preceitos da moral católica e da lei natural, pretendendo que são limitadores e até inimigos da liberdade humana!… Mas, como respondeu Simão Pedro a Jesus, no momento em que muitos discípulos abandonaram o Mestre, por não aceitarem

Consoladora dos aflitos - Cardeal Newman

Imagem
Maria foi mártir, mesmo sem sofrer a desonra violenta que, em geral, acompanha os sofrimentos dos mártires. Como bem sabemos, o próprio Senhor foi esbofeteado, despido, flagelado e, por fim, dependurado numa cruz, pregado nela e levantado para ser visto pela multidão cruel. Mas Aquele que, pelos pecadores, carregou a vergonha do pecador, poupou à sua Mãe - que, em si mesma, não tinha nenhum pecado - este fracasso e ruína supremos: ela não sofreu no corpo mas na alma. Na agonia do Filho, sofreu uma paixão paralela; foi crucificada com Ele; a lança que lhe enterraram no peito, penetrou no espírito de sua mãe. Mas não houve sinais exteriores, pois o seu martírio foi íntimo. Agora, todos sabemos que é nisto que consiste o segredo da verdadeira consolação: só são capazes de consolar os outros aqueles que pessoalmente já foram muito provados e encontraram conforto quando precisaram dele. Também foi dito acerca de Nosso Senhor: «É precisamente porque Ele mesmo sofreu e foi posto